domingo, 19 de novembro de 2017

... O CAULE QUE A DANÇA


Imagem - Amar e ser amado sempre 


... O CAULE QUE A DANÇA


Uma forma de estar bem para com a vida
É respirar delicadamente o ar da natureza,
Olhar o céu pleno e sentir a vera beleza
A germinar pelo coração como flor querida.

Uma forma de viver em constante harmonia
Com o universo é criar laços de amizade,
Entre o solstício de inverno e o de verão, poesia
Que os olhos descrevam com espontaneidade.

Uma expressão de sorriso pelo rosto de uma criança,
É um dia de sol em qualquer estação do ano,
Tem o místico e contagiante verso de esperança.

Uma flor enlaçada pelos dedos de uma criança,
É uma amizade que cresce em qualquer ser humano,
Tem o mote em sintonia com o caule que a dança.

© Ró Mar 

sábado, 18 de novembro de 2017

OS MEUS PEDIDOS




OS MEUS PEDIDOS


Olho para as pessoas e peço alegria,
olho para as crianças e peço esperança.
Quando olho para o céu peço magia
e a Deus peço perdão, amor e bonança.

Ao Sol peço para os sonhos poder realizar,
à lua peço que ilumine sempre meus desejos.
À natureza peço beleza e para perfumar
nossos dias de poesia, recheados de beijos.

Ao mar peço forças, paz e harmonia
para enfrentar nossos dias com alegria.
Ao vento peço notícias novas e fantasia.
à chuva peço contenção e canções de magia.

A ti amor, peço-te carinhos e muito amor
que eu retribuo com mimos e muitos beijos.
Aos amigos verdadeiros peço um louvor
pela amizade, sejam felizes são os meus desejos.

Ao dia peço luz, tolerância e muita bondade,
à noite vou pedindo bons sonhos e protecção.
À vida peço coragem, sabedoria e vontade
de viver com fé, amor e esperança no coração.

Bernardina Pinto

domingo, 15 de outubro de 2017

HAVERÁ...


Imagem - Zzig.


HAVERÁ...


Haverá letra mais bonita que a letra 
De uma criança que não sabe escrever!?
Mas, sabe ler a erva daninha que habita os
Seus 'Jardins'! Natureza que devia ter letra
Cuidada, pois, é amanhada pelos crescidos.

Haverá olhar mais inocente que o de uma criança
Que acredita em contos, lendas, histórias 
Que ditam o bem e não vê outra maldade!?
E, de olhos postos na humanidade 
Semeia a paz e a união em verde esperança.

Haverá um dia em que toda a humanidade 
Compreenderá os contos, lendas, histórias 
Que só a criança entendia! E, esse é o dia de escrever
'Mundo'. Haverá cor verde para a criança pintar
Os 'Jardins' que pediu no singelo olhar.

© Ró Mar